2.5.16

Crítica: Capitão América - Guerra Civil



Filme dirigido por Anthony e Joe Russo, que conta a história da rivalidade originada por conta de um tratado que o Homem de Ferro interpretado por Robert Downey Jr assina e Steve Rogers interpretado por Chris Evans não, assim os dois entram em conflito.

Após filmes baseados em quadrinhos que não me agradaram, como “Deadpool”,” Os Vingadores 2” que basicamente repete a fórmula do primeiro e principalmente “Batman x Superman” que é uma obra cheia de defeitos, confesso que não esperava grande coisa deste novo longa do Capitão América, esperava mais uma vez aquela já conhecida métrica de projeções de heróis: Porrada – piada – porrada.





Felizmente estava errado, este “Guerra Civil” consegue ser efetivo e ser um filme de ação sem extrapolar nas sequências de ação, que ao contrário de qualquer outra obra recentemente lançada que tenha algum herói como personagem principal, o público enxerga exatamente o que está acontecendo na tela durante as batalhas, onde cada personagem está, e o principal os motivos de cada um deles estarem fazendo aquilo.

Essas sequências claras são fruto de uma montagem direta, pragmática na medida certa, e de um elenco que possivelmente pela primeira vez nessa nova leva de filmes da Marvel realmente funciona, todos estão muito bem em seus papeis, até aqueles atores inexpressivos que assumiram os personagens apenas por conta do seu perfil fisico, isso demonstra que a equipe de produção do filme se importou em fazer algo que não fosse apenas para conseguir bilheteria.

O destaque do elenco fica com Daniel Bruhl, ator de “Adeus, Lenin” e de “Rush” onde interpreta Niki Lauda, aqui ele faz Zemo com perfeição, e o motivo do vilão para ter feito o que fez é tão bom que chega a ser comovente.

Logo, “Capitão América – Guerra Civil” funciona muito bem, com uma história bem contada, sem erros nos seus diálogos e que (acho eu) não prejudica linha cronológica de nenhum filme que vai ser lançado pelo Marvel nos próximos anos. Esperemos que todos os filmes de heróis a serem lançados sejam tão bons como este aqui foi

Um comentário:

  1. Concordo com tudo , no que se refere a sua avaliação. Gostei muito

    ResponderExcluir