17.6.19

Crítica: Graças a Deus

Crítica: Graças a Deus
Graças a Deus
Imagem: Califórnia Filmes / DIVULGAÇÃO
"Uma história de ficção baseada em fatos reais", é assim que o próprio François Ozon, diretor e roteirista de "Graças a Deus", descreve seu novo filme, vencedor do Urso de Prata no Festival de Berlim de 2019.
Não dá para negar que é uma descrição acertada, apesar de peculiar, pois sabemos que infelizmente não há nada de ficção nos casos de pedofilia de padres da igreja católica nos últimos anos.

13.6.19

Crítica: Fora de Série

Crítica: Fora de Série
Fora de Série
Imagem: Imagem Filmes / DIVULGAÇÃO
Ao começar a ver "Fora de Série", acredito que seja inevitável que o público (principalmente o masculino) pense "Molly é pedante", mas, se fosse um personagem homem, faríamos a mesma pergunta?

É isso que Olivia Wilde, em seu longa de estreia na direção, propõe que o seu público reflita durante o filme. Molly (Beanie Feldstein) e Amy (Kaitlyn Dever), são duas amigas que acabaram de se formar no ensino médio e perceberam que não aproveitaram nada, devido ao foco nos estudos para passar na faculdade, enquanto seus colegas fizeram as duas coisas. Assim, elas decidem ir na festa final antes da colação de grau.

10.6.19

Crítica: Obsessão

Crítica: Obsessão
Obsessão
Imagem: Galeria Distribuidora / DIVULGAÇÃO
É legal e necessário que tenham ousadias na arte, de forma a fazer crescer algum objeto que já tem um formato pré-definido e que é tratado como regra tanto por quem o faz, quanto por quem o assiste.

Não há dúvidas que ousar dentro do gênero suspense foi a ideia de Neil Jordan ao dirigir e co-escrever “Obsessão” (ou no título original “Greta”), onde acompanhamos a história de duas mulheres diferentes que se conhecem de repente.

3.6.19

Crítica: Santiago, Itália

Crítica: Santiago, Itália
Santiago, Itália
Imagem: Pandora Filmes / DIVULGAÇÃO
Se tem um lugar com história, principalmente na política, esse local é a América Latina. Países que foram colonizados, conquistaram independência e a maioria deles passou por um período ditatorial em algum momento.

O Chile foi um dos países que passaram por uma das ditaduras mais brutais do continente, "Santiago, Itália", dirigido pelo vencedor da Palma de Ouro em 2001 (com “O Quarto do Filho”), Nanni Moretti, é um documentário que conta a história de como a Itália ajudou refugiados chilenos nessa época.

27.5.19

Crítica: Compra-me um revólver

Crítica: Compra-me um revólver
Compra-me um revólver
Imagem: Pandora Filmes / DIVULGAÇÃO
Após a revolução iraniana, que resultou na mudança do sistema, de uma monarquia para uma república islâmica, trouxe para os cineastas do país uma dificuldade: fazer filmes que contassem histórias de seu próprio povo, já que tudo passava pelo crivo da religião e muitas coisas eram proibidas de ir ao ar.

Porém, diretores como Majid Majidi, Jafar Panahi, Abbas Kiarostami, Mohsen Makhmalbaf e outros, usavam crianças e mulheres como personagens principais de suas obras, dessa maneira, burlavam a censura imposta pelo governo e conseguiam construir histórias sérias e retratos sociais sobre o povo iraniano.

Copyright © 2016 Assim falou Victor , Blogger